29/04/2020 às 10h36min - Atualizada em 29/04/2020 às 10h36min

Alexandre de Moraes suspende posse de Alexandre Ramagem na Polícia Federal

O Tempo

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, concedeu medida liminar e suspendeu a nomeação e a posse de Alexandre Ramagem no cargo de diretor geral da Polícia Federal.

No despacho, Moraes determinou que o Advogado Geral da União fosse notificado, inclusive por WhatsApp, diante da urgência da decisão.

A nomeação de Ramagem havia sido publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 28.

A decisão pela suspensão da posse foi tomada no âmbito de uma ação do PDT no STF.

A legenda impetrou mandado de segurança na Corte argumentando que o presidente Jair Bolsonaro cometeu abuso de poder por desvio de finalidade e que a nomeação de Ramagem foi para promover o "aparelhamento particular" de órgão da União. A ação teve como base as denúncias feitas pelo ex-ministro Sergio Moro, na última semana, de que o Palácio do Planalto interferiu politicamente na PF ao demitir o então diretor geral  Maurício Valeixo.

“É certo que compete, privativamente, ao Presidente da República prover os cargos públicos federais (Constituição, artigo 84, XXV), no que se insere nomear o diretor Geral da Polícia Federal (Lei 9.266/1996, artigo 2º-C). Contudo, o exercício dessas competências não pode se operar segundo finalidade diversa do interesse público e, muito menos, em prejuízo da moralidade administrativa”, diz um dos trechos do pedido.

Matéria em atualização

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

você concorda com o fechamento do comércio e isolamento social?

47.1%
52.9%
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...