12/08/2019 às 16h27min - Atualizada em 12/08/2019 às 17h28min

Empreendedorismo é alternativa para casais que desejam se casar sem dívidas

No Brasil, o gasto médio com o casamento é de 40 mil reais, e nem sempre os casais querem adiar o casamento até arrecadarem recursos - a solução tem sido empreender

DINO
http://www.elo7.com.br

Dados do IBGE apontam para uma queda 2,3% no número de casamentos em 2017, os quais têm ocorrido entre uma parcela da população mais madura - agora as mulheres se casam por volta dos 28 anos e os homens aos 30. Entre os motivos que tem levado os casais a adiar a celebração da união, está o gasto que o casamento pode acarretar. Uma pesquisa coordenada pela empresa Zankyou entrevistou 30 assessorias especializadas em casamento e concluiu que os brasileiros gastam em média 40 mil reais no grande dia, valor que nem sempre é conquistado somente com a renda do casal.

Em tempos de crise financeira, produzir algo para vender entre os colegas tem ajudado muitas famílias, principalmente quando um casamento precisa ser planejado, e cada vez mais pessoas tem aderido a essa forma de complementar a renda.  De acordo com a pesquisa GEM (Global Entrepreneurship Monitor), referência no estudo de empreendedorismo global, em 2007, o Brasil contava com 14,6 milhões de empreendedores, já em 2017 o número mais que triplicou, chegando a 49,3 milhões. 

Jackeline Braga, líder da categoria de casamentos no e-commerce Elo7, afirma que muitas pessoas criam lojas no site para vender suas produções e complementar a renda. “Dentro do Elo7, diversos microempreendedores aproveitam suas habilidades criativas, seja por meio do artesanato ou design, e vendem produtos personalizados. O casamento é um dos setores de maior sucesso, já participamos de várias uniões, seja como plataforma para complementar a renda, ou como fornecedores de acessórios, convites ou decorações de casamentos personalizados”, diz Braga.

Fabiane conheceu Fábio em 2018, “foi amor à primeira vista! Ele me pediu em casamento no dia 31 de dezembro, à meia noite, foi inesquecível! Em meio aos fogos de artifício eu estava sendo pedida em casamento”, relembra a noiva, a qual encontrou no Elo7 a possibilidade de ganhar um dinheiro extra para os preparativos da festa. “Eu já tinha a loja no site, mas por problemas pessoais, incluindo a morte da minha mãe, deixei de lado. Agora estou voltando para ajudar na renda e realizar nosso sonho de casar”.

Além dos sites especializados em vendas, as redes sociais também tem conquistado diversos microempreendedores, já que seu caráter visual e forte presença no cotidiano das pessoas permitem que os produtos sejam apresentados de forma cada vez mais orgânica. “O sucesso da venda se dá por diversos fatores, mas para conquistar seus clientes é preciso investir na produção de fotos de qualidade, atrativas. Manter um diálogo descontraído com o cliente, sem deixar de fornecer informações claras, é fundamental. Unindo o visual e boa comunicação, as chances de se obter sucesso com o negócio são maiores”, frisa Braga.



Website: http://www.elo7.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
radiosaovivo.net/
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...